Projeto

O projeto Triplo D visa aumentar o envolvimento democrático e a participação cívica dos cidadãos, ao trabalhar as ligações entre democracia, demografia e direitos humanos.

Dinamiza sessões de educação/formação e grupos de discussão escolar e comunitária, com o objetivo de educar e fortalecer a cultura da cidadania ativa e participativa de profissionais, agentes comunitários, crianças e jovens, pessoas em situação de vulnerabilidade e adultos mais velhos (65+).

Neste sentido, propõe-se a tornar os grupos-alvo em promotores e agentes da mudança e da decisão política, auxiliando-os a analisar e discutir políticas e a propor recomendações de melhoria das dinâmicas democráticas a nível local.

O projeto assenta em 4 componentes, que se desenvolvem num crescendo de conhecimento e participação:

Capacitação:

  • Formação-ação em literacia democrática e ativação comunitária para capacitar e empoderar os colaboradores da Cáritas Diocesana de Coimbra.

Sensibilização:

  • Sessões de literacia e ativação democrática, com o objetivo de promover competências pessoais facilitadoras de um desenvolvimento positivo e de contextos propiciadores da participação democrática e cidadania ativa. Faz-se aqui um percurso que se inicia no jardim-de-infância e culmina com adultos mais velhos (+65), abrangendo diferentes contextos socioeconómicos, culturas, grupos etários e estruturas de relação.
  • Exponenciar a disseminação de ambientes saudáveis e amigáveis, através de um programa de eventos culturais e campanhas de divulgação, com extensa participação direta do público-alvo, que assim interioriza e se apropria da temática de uma forma mais intensa e  aprofundada.
  • Esta metodologia pretende transformar todos os participantes em veículos de sensibilização junto dos seus círculos pessoais, multiplicando os destinatários das ações e facilitando a penetração da sensibilização nas diferentes esferas sociais.

Ativação:

  • Nesta componente a perspetiva é colocar os públicos-alvo como motores e protagonistas do processo de ativação, nomeadamente através das iniciativas: “Parlamento dos Jovens” e “Cidadãos (Inter)geracionais”.
  • Dinamizar sessões públicas de discussão sobre temas correntes em debate na política portuguesa e europeia.
  • Criar grupos de trabalho locais, em que jovens, adultos e idosos debatam os problemas coletivamente.
  • Co-elaboração de tomadas de posição conjuntas enviadas aos decisores políticos.

Comunicação:

  • Maximizar a utilização da rede institucional de parceiros e a relação de proximidade da Cáritas Diocesana de Coimbra com os media e autarquias locais, regionais e nacionais para a criação de uma malha comunitária de disseminação e participação.
  • Esta última componente surge como uma ação transversal à promoção e fortalecimento da cidadania e participação democrática. Para que esta seja consequente e efetiva, engloba a disseminação do projeto, nas suas várias vertentes e uma atividade de monitorização e avaliação, que permite refletir sobre resultados e lições aprendidas: “A Democracia comunica-se”.

Partilhar:

Projeto Triplo D

O Projeto Triplo D visa aumentar o envolvimento democrático e a participação política dos cidadãos, ao trabalhar as ligações entre democracia, demografia e direitos humanos.

Contactos

Rua D. Francisco de Almeida, n 14
3030-382 Coimbra, Portugal

239 792 430

 triplo@caritascoimbra.pt

NIF: 501 082 174

Feed

 

Siga-nos